fbpx

Para funcionar, todo comércio eletrônico precisa de um sistema que possibilite criar a loja virtual e também gerenciá-la, ou seja, de uma plataforma de e-commerce. Mas o processo dessa escolha pode não ser uma tarefa tão simples, já que envolve múltiplos fatores que precisam ser considerados.

É sempre bom pensar que, mesmo o investimento sendo um pouco mais alto. Todo dinheiro investido nessa etapa é bem gasto e poderá render bons frutos no futuro. Quem já passou por esse processo sabe, porém, como as dúvidas podem provocar muita dor de cabeça.

Por isso, separamos algumas dicas importantes sobre a escolha dessa plataforma.

O que considerar antes de fazer a escolha para seu e-commerce?

Algumas questões precisam ser analisadas previamente para escolher sua plataforma com calma e certeza:

  • Permite atualização sempre que houver necessidade?
  • O gerenciamento é fácil de usar?
  • A parte visual é compatível com identidade do seu negócio e atende bem ao seu plano de comunicação?
  • Oferece flexibilidade para integrar meios de pagamento, segurança das informações, atendimento via chat on-line, banco de dados etc.?
  • Oferece integração com sistemas internos da empresa?
  • Permite aplicar o SEO de forma que atenda ao seu plano de marketing digital?
  • Possui um bom canal de suporte?
  • É compatível com os principais navegadores?
  • É conhecida entre os profissionais desenvolvedores?
  • Existem lojas virtuais de sucesso que usam essa mesma plataforma?

As principais plataformas

Magento

É a plataforma de e-commerce mais usada no mundo. Seus principais diferenciais são: uma versão robusta, completamente grátis, open source, com flexibilidade e controle.

OpenCart

Também é bastante popular e mais indicada para quem quer ter uma loja virtual investindo um pouco menos, mas com recursos inteligentes. É basicamente um carrinho de compras virtual, fácil de usar e com interface simples.

WordPress + WooCommerce

O “combo” oferece grande capacidade de personalização, categorização dos produtos, interface friendly, diversas funcionalidades importantes e plugins próprios do WordPress (como blog e fórum de discussão).

PrestaShop

Destaca-se por oferecer recursos de marketing que ajudam a engajar mais os clientes, o que pode aumentar bastante as vendas on-line. É aberta à integração com diversos serviços e ferramentas que podem agregar funcionalidades ainda melhores.

Zen Cart

É a menos potente desta lista. Porém muito fácil de usar, intuitiva e amigável, fazendo com que ela ganhe simpatia de muitos usuários.

Qual a melhor plataforma de e-commerce?

Apontar a superioridade de uma plataforma ou dizer qual é a melhor, de uma forma geral, é muito pessoal e relativa. A tecnologia muda a todo tempo e, além disso, cada negócio tem suas necessidades específicas e que pode ser atendido ou não por essa ou aquela plataforma.

Existem casos de e-commerce que usam tecnologia gratuita e conseguem se manter competitivos e com ótimos índices de venda. Cada caso é realmente um caso. O mais importante é o empreendedor se certificar sobre as limitações de cada plataforma e analisar até onde cada uma pode atender à expectativa individual em curto, médio e longo prazo.

Se tiver com muito dúvida, é aconselhado contar com a ajuda de uma consultoria para e-commerce. Profissionais qualificados que atuam nessa área podem auxiliar na escolha da plataforma, uma decisão crucial para o sucesso da loja virtual.

Ao fim desse artigo, você se sente mais preparado e confiante para escolher a melhor plataforma de e-commerce. Não se sinta intimidado em procurar ajuda. Uma boa consultoria pode abrir importantes caminhos e direcionar melhor o rumo do seu negócio.

E se você tiver pequenas dúvidas, posso te ajudar. Como está sendo tomar essa decisão? Quais os critérios que estão pesando na sua decisão? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.